Anistia Internacional pede envio soldados ao Congo “o mais rápido possível”…

A Anistia Internacional (AI) pediu hoje à ONU que desdobre “o mais rápido possível” o novo contingente de 3.000 membros da missão de paz do organismo na República Democrática do Congo (RDC) aprovado pelo Conselho de Segurança. Há, atualmente, cerca de 17 mil homens de tropas internacionais naquele país.

Entenda o conflito no Congo

A aprovação dessa força destinada a estabilizar o conflito no leste da RDC e facilitar uma saída negociada é “um bom primeiro passo”, mas “o que realmente importa é a aplicação do plano”, indicou a Anistia Internacional em comunicado.

“Os cidadãos da RDC estão há muito tempo esperando este pequeno sinal de esperança. Precisam, com urgência, ver essas tropas no terreno protegendo-os dos ataques”, segundo a AI.

Arte/Folha Online

A organização de defesa dos direitos humanos lembrou que, apesar do passo dado pelo Conselho de Segurança, “a situação se mantém sem mudanças” no lugar do conflito.

“Seguimos recebendo informações de assassinatos, abusos sexuais e seqüestros de crianças, e continuaremos recebendo estas informações enquanto a proteção dos civis não for uma realidade”, afirmou.

A AI destacou que “não é suficiente aprovar resoluções. Os Estados de todo o mundo têm que comprometer tropas e material de maneira imediata e fazer uma contribuição concreta, com o objetivo de proteger o povo da República Democrática do Congo”.

Na resolução, o Conselho aprovou o envio de mais 2.785 militares e cerca de 300 policiais. O mandato da mobilização adicional acaba já em 31 de dezembro próximo, mas poderá acabar prorrogado. O embaixador francês na ONU, Jean Maurice Ripert, disse que a resolução, que era co-patrocinada pelo Reino Unido, tenta ajudar no processo de mediação entre as partes iniciado pelo enviado especial da ONU, o ex-presidente da Nigéria Olusegun Obasanjo.

Na manhã desta quinta-feira, houve novo confronto entre as milícias favoráveis ao governo do Congo e os rebeldes congoleses liderados por Laurent Nkunda, que tinham iniciado um recuo ainda nesta quarta-feira (19).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: